Ir para conteúdo principal Ir para menu principal Ir para menu do rodapé Ir para menu Categoria Ir para menu Arquivo
Logon

Viver Seguro no Trânsito

Nós estamos fazendo nossa parte. E você?
Início do conteúdo
  • Táxi Dog: serviço cada vez mais procurado para o transporte de animais com conforto e segurança

    Foto: Rogério Gomes (Táxi Dog) Foto: Rogério Gomes (Táxi Dog)

    Quem tem animais de estimação sabe a verdadeira dor de cabeça que é transportar o pet quando não se tem um carro à disposição. Além do receio e proibição da grande maioria dos transportes públicos, muitos táxis se recusam a fazer corridas com os amigos de quatro patas para evitar sujeira e bagunça. Mas, para o alívio dos tutores, um serviço seguro e confortável tem ganhado força no mercado: o táxi dog.

    A atividade visa diminuir a carência de alternativas que levem os peludos para pet shops, veterinários, creches, hotéis e até mesmo viagens longas. Com tanta demanda para um serviço mais adequado, não foi difícil para alguns taxistas enxergarem novas possibilidades para transportar animais. De acordo com o diretor administrativo e coordenador de frota da Táxi Dog Exclusive, Wellington Abreu, que atende no Rio de Janeiro, a ideia é que o pet seja levado aos destinos de forma tranquila e segura.

    “Os animais são nossos principais passageiros e entendemos que não tem como evitar a bagunça. Para fazer parte da nossa equipe, os motoristas precisam ser apaixonados por animais”, explica. Para não causar estresse aos cachorros, o diretor contou que os cães fazem a viagem no banco junto com o dono ou sozinhos, já que muitos animais ficam agitados quando são colocados na caixa transportadora. Tudo isso é feito seguindo os procedimentos de segurança.

    “Todos usam coleira e cinto de segurança adequados para animais e os vidros do carro ficam fechados durante todo o trajeto. Como a frota é climatizada, eles reagem bem a isso. Gatos e pássaros, necessariamente, são levados nas caixas transportadoras”, declara Wellington. O serviço atende a todos os animais, como porcos, iguanas e até cobras, desde que os donos tenham a licença devida de guarda dos bichanos, com ou sem a presença dos donos.

    Há dois anos ajudando quem precisa transportar cães, felinos e animais de porte pequeno, o Táxi Dog Rogério Gomes também já participou de inúmeros resgates de bichos vítimas de acidentes ou encontrados em péssimas condições de saúde pelas ruas do Rio. Além de ter uma frota com todos os requisitos para realizar uma viagem segura, com cinto ou caixa, Rogério afirma que os tutores devem sempre se preocupar com as condições do transporte dos pets. “Pegue referências, faça uma entrevista com o condutor e cheque o conforto do veículo, pois quem ama os animais, os trata como filhos”, diz.

    Para viagens mais longas, Rogério recomenda uma alimentação leve e muita hidratação, para que os animais não sofram com enjoos. Tanto cuidado com os peludos rendeu até reconhecimento da prefeitura carioca. “No primeiro ano de trabalho recebi a menção honrosa na Câmara dos Vereadores do Rio e foi muito gratificante ter o trabalho reconhecido. Meu serviço reflete no respeito e no amor com que eu trato os animais”, explica Rogério, que se declara apaixonado por animais. No Facebook, é fácil encontrá-lo como Táxi Dog Rogerio.

    A tecnologia também resolveu dar uma ajuda aos donos de pets. O aplicativo 99, por exemplo, já cadastra motoristas que aceitam fazer corridas com animais. No entanto, os tutores não podem esquecer da segurança dos amigos de quatro patas e o cuidado que os motoristas devem ter com eles. Portanto, nossa dica é buscar um serviço no qual se possa confiar. Afinal, quem ama cuida!