Ir para conteúdo principal Ir para menu principal Ir para menu do rodapé Ir para menu Categoria Ir para menu Arquivo
Logon

Viver Seguro no Trânsito

Nós estamos fazendo nossa parte. E você?
Início do conteúdo

Arquivos mensais: Julho 2020

Programa Recomeço: Cadastre-se!

Em agosto de 2018, a Seguradora Líder lançou o Programa Recomeço, um projeto para dar apoio aos beneficiários do Seguro DPVAT na busca por uma recolocação no mercado de trabalho. A iniciativa conta com uma plataforma digital super bacana. Com a chegada da marca de dois anos do lançamento, queremos te convidar, seja beneficiário ou dono de empresa, a fazer parte dessa iniciativa. Vem com a gente!

Sou beneficiário, como devo fazer?

O Portal de Oportunidades do Programa Recomeço está disponível, de forma gratuita, para cadastramento de beneficiários do Seguro DPVAT em busca de recolocação no mercado de trabalho. Para fazer parte do banco de dados e conferir as vagas ofertadas pelas empresas parceiras, basta acessar https://loginrecomeco.seguradoralider.com.br/ e clicar no link do primeiro acesso com seu CPF em mãos 😉

Como inscrever minha empresa?

A plataforma agora disponibiliza o cadastramento automático de empresas pelo https://loginrecomeco.seguradoralider.com.br/acesso/cadastrar-empresa. As empresas que tem interesse conseguem fazer o processo em apenas 3 passos, inserindo o número do CNPJ, o nome de contato, um e-mail e pronto! Depois disso, as informações personalizadas para acesso e cadastramento das oportunidades de emprego no portal serão enviadas.

Atualmente, mais de mil beneficiários e 30 empresas fazem parte do banco de dados do portal Recomeço. Venha fazer parte dessa iniciativa! Para saber mais informaçoes, basta acessar: https://www.seguradoralider.com.br/Recomeco/Paginas/home.aspx.


Continuar lendo

Dia do motociclista: Mais de 83 mil indenizações pagas pelo Seguro DPVAT no primeiro semestre

Nesta segunda-feira, dia 27/07 é comemorado o Dia do Motociclista. A data, no entanto, serve de alerta para aqueles que, profissionalmente ou por lazer, levam a vida sobre duas rodas. De acordo com os dados do Seguro DPVAT, de janeiro a junho de 2020, mais de 125 mil indenizações foram pagas por acidentes de trânsito envolvendo motocicletas. Deste total, mais de 83 mil foram para os motociclistas. Quer saber mais detalhes sobre os números alarmantes envolvendo esses condutores? Acompanhe o nosso post!

Apesar de representar apenas 29% da frota DPVAT, as motocicletas historicamente são a categoria de veículo envolvidas na maioria dos acidentes indenizados pelo Seguro DPVAT. No primeiro semestre deste ano, a representatividade chega a 79%. Quando olhamos para os números regionais, o Nordeste (33%) concentra o maior número de indenizações pagas para os motociclistas, seguido pelo Sudeste (30%) e em terceiro lugar no ranking, o Sul (16%).

Quando observados os números em relação às coberturas do Seguro DPVAT, o número de motociclistas que ficaram com algum tipo de sequela permanente em decorrência de um acidente de trânsito é preocupante e soma mais de 56 mil casos. Já o os casos fatais chegaram a 5.985 indenizações.

Por aqui, nós, da equipe do Seguro DPVAT, sempre lembramos da importância da utilização dos equipamentos de segurança e do cumprimento das leis de trânsito para que esses números, que aumentam com o passar dos anos, deixem de ser tão alarmantes. Faça sua parte para um trânsito melhor e mais seguro!


Continuar lendo

Projeto de Lei quer punir motoristas que compartilham infrações nas redes sociais

Você já se deparou com vídeos nas redes sociais de pessoas praticando infrações de trânsito? A publicação desses materiais pode ser punida. Isso porque, na última semana, a Câmara dos Deputados aprovou o requerimento de urgência urgentíssima para votação do Projeto de Lei 130/2020, da deputada Christiane Yared, que prevê punições para condutores que divulgarem, em redes sociais ou outros meios digitais, eletrônicos ou impressos, suas infrações de trânsito. Para saber um pouco mais sobre as propostas do texto, fique ligado no nosso post!

Nos últimos meses, os casos de jovens que aproveitam as ruas vazias para desrespeitar os limites de velocidade e participar de rachas tem crescido. Além disso, muitos aproveitam para filmar as infrações e jogar em suas redes sociais. Alguns casos ficaram famosos e foram mostrados em diversos veículos de comunicação, como o Fantástico.

A criação do Projeto de Lei 130/20 pela deputada Christiane Yared nasceu com o objetivo de evitar que mais vidas sejam perdidas no trânsito. De acordo com os números do Seguro DPVAT, em 2019, foram pagas mais de 40 mil indenizações por morte em acidentes de trânsito em todo o Brasil.

Mas o que acontecerá com os infratores?

De acordo com as mudanças previstas pelo PL 130/2020, motoristas que praticarem as infrações gravíssimas e divulgarem nas redes sociais poderão ter o direito de dirigir suspenso por 12 meses. A suspensão vale até mesmo para os atos que não tenham sido registrados por agentes de trânsito e apenas sido compartilhado em redes sociais ou outros meios de divulgação digital, eletrônico ou impresso.

Além disso, a proposta da deputada é que os casos de reincidência no período de dois anos sejam punidos com a cassação da habilitação do condutor.


Continuar lendo

#BonsExemplos: Santa Catarina investe em prevenção de acidentes com motociclistas

Sempre compartilhamos por aqui #BonsExemplos de iniciativas para a prevenção de acidentes de trânsito. Neste post vamos falar de Santa Catarina, que está desenvolvendo uma campanha estadual permanente para a prevenção de acidentes com motociclistas. Bacana não é mesmo?

O projeto de lei, que tem como objetivo cumprir com essas medidas de prevenção, foi apresentado pela deputada estadual Ada Faraco de Luca (MDB) e foi aprovado por unanimidade pela Assembleia Legislativa. Os dados apresentados pela parlamentar incluem as ocorrências de trânsito envolvendo motos indenizadas pelo Seguro DPVAT entre 2008 e 2018, em que, pelo menos 2,4 milhões de brasileiros ficaram com algum tipo de sequela permanente em decorrência de acidentes com motocicletas.

Os nossos dados de pagamento de indenizações do Seguro DPVAT mostram que, homens entre 18 e 34 anos são as principais vítimas de acidentes de trânsito. "São pessoas em plena capacidade produtiva, mas que ficam inválidos para o trabalho", afirmou a parlamentar.

De janeiro a maio de 2020, foram mais de 8 mil pagamentos realizados pelo Seguro DPVAT para o Estado de Santa Catarina. As solicitações referentes a acidentes que resultaram em invalidez permanente representaram a maioria das indenizações pagas pelo seguro no local, 68% (5.755). O reembolso de despesas médicas e suplementares (DAMS) totalizou 25,3% (2.145) das indenizações e os casos de morte, 6,7% (567).

A proposta que foi apresentada em setembro de 2018, passou por diligências externas e teve o texto aprovado em todas as comissões.

Continuar lendo

Saiba como enviar documentos pendentes do seu pedido do Seguro DPVAT

Você sabia que a Seguradora Líder possui uma plataforma online para envio de documentação pendente? Por meio da ferramenta é possível executar tudo de forma simples e o melhor: sem sair de casa. Quer saber mais? Então, acompanhe o post do blog Viver Seguro no Trânsito e saiba mais sobre como agilizar e simplificar o processo de análise do seu pedido!

O que devo fazer?

Antes de tudo, você precisa consultar o número do seu sinistro no site institucional para saber a situação atual. Caso haja alguma documentação pendente, basta acessar o site e ter em mãos o CPF e também o número do seu pedido.

Primeiros passos:

Logo no primeiro acesso, uma tela com as orientações de como utilizar a ferramenta irá aparecer. Leia com atenção às instruções e não esqueça de observar o tamanho máximo dos arquivos a serem enviados e o formato .pdf.

Não se esqueça que toda documentação deve ser enviada de uma única vez e deverá seguir as orientações de limite e tamanho. Além disso, sempre verifique a qualidade dos anexos enviados, se não há nenhuma informação cortada e se todas as letras estão legíveis. Isso faz com que o processo seja mais facilmente analisado.

Outra informação importante é da cobertura por morte. Nesses casos, a documentação pendente de todos os beneficiários do pedido deve ser enviada junta, de uma única vez. Lembre-se que todo o processo pode ser realizado sem ajuda de intermediários e que, após o envio de toda a documentação pelo site, não é necessário ir a um ponto de atendimento para confirmar nada ;)


Continuar lendo

Página 1 de 1