Ir para conteúdo principal Ir para menu principal Ir para menu do rodapé Ir para menu Categoria Ir para menu Arquivo
Logon

Viver Seguro no Trânsito

Nós estamos fazendo nossa parte. E você?
Início do conteúdo

Categoria: Dicas

Saiba como fazer o pedido de indenização do #SeguroDPVAT pelo telefone


Para facilitar o acesso dos beneficiários e vítimas de acidentes de trânsito ao Seguro DPVAT, a Seguradora Líder anunciou mais uma forma de dar entrada nos pedidos de indenização e reembolso de despesas médicas: a Central de Atendimento! Quer saber um pouco mais sobre esse serviço? Então fique ligado no passo a passo do post abaixo e anote todas as dicas!

1º passo: Canal de Atendimento


Para ter acesso ao atendimento telefônico, você precisa entrar em contato por meio do 4020-1596, para capitais e Regiões Metropolitanas, e 0800 022 12 04, para outras regiões, de seguda a sexta-feira, das 8h às 20h.

2º passo: Conversa com o atendente


No primeiro atendimento, você vai conversar com um atendente, que irá fazer algumas perguntas sobre o acidente, para entender em qual cobertura o beneficiário se encaixa.

3º passo: Pré-cadastro


Depois de identificada a cobertura, o atendente realizará um pré-cadastro com todas as informações passadas pelo beneficiário e encaminhará um e-mail com as orientações para que os documentos sejam encaminhados para a Seguradora Líder.

4º passo: Envio de documentos


Essa parte é muito importante! É quando o direito à indenização ou ao reembolso das despesas é comprovado. A documentação obrigatória deverá ser encaminhada por e-mail, completa e correta, para seguir para a análise da Seguradora Líder. Lembre-se de revisar todos os anexos e conferir se todas as informações estão legíveis.

5º passo: Aguarde!

O prazo para análise da documentação é de até 30 dias. Você pode conferir o andamento do processo através do nosso site, clicando aqui. Caso o pedido seja pendenciado pela falta de algum documento, o serviço também pode ser feito sem sair de casa, através do site: https://documentospendentes.seguradoralider.com.br/. Basta acessar e seguir o passo a passo ;)

Ficou com alguma dúvida depois desse tutorial? Não tem problema! Entre em contato com a gente, que iremos te ajudar!


Continuar lendo

COVID-19: CNH e licenciamento de veículos tem prazo de validade estendido

Para conter a epidemia do novo Coronavírus (COVID-19) no Brasil, companhias e autoridades tem contribuído com medidas para manter a população em casa e diminuir o impacto da quarentena nas obrigações rotineiras. Quer saber como elas se encaixam no universo do trânsito? Fique ligado aqui no blog Viver Seguro no Trânsito!

No último dia 20 de março, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) publicou a deliberação nº 185, ampliando e interrompendo prazos de processos e procedimentos dos órgãos do Sistema Nacional de Trânsito. No documento, o órgão oficializou a extensão dos prazos de validade, por tempo indeterminado, das Carteiras Nacionais de Habilitação (CNH), vencida desde 19/02/2020. Este prazo aplica-se também para a Permissão de Dirigir (PPD). A deliberação inclui, ainda, a interrupção da expedição do Certificado de Registro de Veículo (CRV), mais conhecido como documento do carro, em caso de transferência de propriedade de veículo adquirido desde o dia 19 de fevereiro deste ano, além do registro de licenciamento de veículos novos, desde que ainda não expirados.

Se você estava com o processo para tirar a habilitação já em curso, não se preocupe. O prazo para conclusão do processo passou de 12 para 18 meses. Isso significa que quem começou o processo de habilitação em março do ano passado e ainda não concluiu, por exemplo, não precisa se preocupar pois terá até setembro pra concluir o processo.

A deliberação também interrompeu, por tempo indeterminado, os prazos para defesa de autuação, recursos de multa, defesa processual, recursos de suspensão de direito de dirigir e cassação do documento de habilitação.

E você, se encaixa em alguns desses casos? Fique tranquilo e lembre-se que, o importante agora é ficar em casa!

Veja aqui a Deliberação do Contran nº 185, de 19 de março de 2020


Continuar lendo

Saiba como pedir a restituição do Seguro DPVAT 2020


Pagou o Seguro DPVAT 2020 com o mesmo valor do ano passado? Então, você tem direito à restituição do valor pago a mais! Para saber como fazer o procedimento, o blog Viver Seguro no Trânsito preparou um post especial que explica de forma rápida e simples o passo a passo. Dá uma olhada!

1. Primeiro você vai precisar acessar o site disponibilizado pela Seguradora Líder para pedir a restituição do valor do Seguro DPVAT 2020. É só acessar o https://restituicao.dpvatsegurodotransito.com.br/ e a devolução da diferença dos valores pagos será feita diretamente na conta corrente ou conta poupança do proprietário do veículo.

2. Em seguida, você vai precisar informar alguns dados no formulário: CPF ou CNPJ do proprietário, Renavam do veículo, e-mail de contato, telefone de contato, data em que foi realizado o pagamento a maior, valor pago, banco, agência e conta corrente ou conta poupança do proprietário.

3. Depois de realizar a solicitação, o proprietário vai receber por e-mail um código de protocolo. Para acompanhar o andamento da solicitação, basta acessar o site e clicar na opção “Consulta” e inserir o número recebido.

4. Pronto! Agora é só aguardar. Se todos os dados estiverem corretos, o valor estará na conta corrente ou poupança do proprietário em até 3 dias úteis.

Confira abaixo os valores que serão restituídos em 2020:


Ficou com alguma dúvida sobre o passo a passo ou teve problemas com sua restituição? Manda uma mensagem pra gente clicando aqui ou comente aqui embaixo que iremos te ajudar!


Continuar lendo

Saiba como dar entrada no seu pedido pelo App Seguro DPVAT

Diante das últimas notícias e acontecimentos relacionados ao coronavírus, a gente sabe que o melhor a se fazer é ficar em casa né, galera? Pensando nisso, o Viver Seguro no Trânsito resolveu fazer um tutorial para te ajudar a dar entrada no seu pedido de indenização ou reembolso utilizando o aplicativo Seguro DPVAT. Quer saber mais? Então fica ligado no post!

Para começar, acesse a loja virtual do seu smartphone, Google Play ou Apple Store, e procure o Aplicativo “Seguro DPVAT”, como no ícone abaixo:

Após abrir o aplicativo, vai selecionar a opção “Sou vítima ou beneficiário ou representante legal”. Caso seja seu primeiro acesso, na tela seguinte você vai realizar um “Cadastro” e informar e-mail, CPF e data de nascimento, telefones e outras informações.

Após realizada essa etapa, você vai precisar conferir seu e-mail e usar a senha provisória que receber para iniciar a navegação na plataforma. Com ela, será possível realizar o login. Não esqueça: altere a sua senha e, depois comece a cadastrar um “novo pedido” do Seguro DPVAT.

Pedidos de indenização do Seguro DPVAT:

Depois de realizado o cadastro no aplicativo, você vai começar a completar as informações como tipo de cobertura, dados pessoais da vítima e data, hora e informações do acidente de trânsito.

Depois de inserir todos os dados pessoais, você vai precisar digitalizar os documentos. Clique no “ícone da câmera” ao lado de cada documento para fotografar a imagem. Caso o documento possua mais de uma foto, após a primeira captura, selecione a opção “mais fotos”. Depois de anexar tudo, basta enviar o seu pedido.

Lembre-se: os documentos são os dados que comprovam as informações selecionadas anteriormente, portanto, tenha cuidado e verifique se, após fotografar, as informações se encontram todas visíveis.

Sem pressa!

Quando for realizar esse procedimento, faça com tempo e calma! Leia com muita atenção todas as dicas e instruções no aplicativo para cadastrar o seu pedido e verifique se todas as informações que inseriu no pedido estão certas. Realizar o procedimento corretamente e sem nenhum erro é extremamente importante para que a indenização ocorra de forma mais rápida.

Tutoriais

Se ainda ficar com alguma dúvida, temos dois materiais que podem te ajudar:

Um deles está disponível no Slideshare, rede para compartilhamento de apresentações, que você confere aqui.

O outro é um tutorial em vídeo, disponível no nosso YouTube, que você confere aqui:

E lembre-se, estamos sempre por aqui nos comentários!


Continuar lendo

Carnaval com segurança no trânsito!

O feriado mais esperado por muitos brasileiros está chegando! E com alguns dias de folga, pegar a estrada para aproveitar o Carnaval, ou o descanso, viajando. Nestas datas, com mais pessoas pelas ruas, aumento do fluxo nas estradas e trânsito nas cidades, a atenção deve ser redobrada para evitar um acidente. E os números do Seguro DPVAT comprovam que é preciso cuidar da segurança: em 2019, foram registrados mais de 3.300 acidentes já indenizados para vítimas de acidentes de trânsito nas três coberturas: morte, invalidez permanente e reembolso por despesas médicas (DAMS). Acompanhe o nosso post e fique ligado nas dicas!

Beber e dirigir é furada!

Parece muito óbvio, mas muita gente ainda insiste em misturar direção e bebida alcoólica, principalmente durante o Carnaval. De acordo com a Associação Brasileira de Medicina do Tráfego (Abramet), nos últimos 10 anos, mais de 3.200 pessoas estiveram envolvidas em acidentes relacionados ao consumo de álcool. Conduzir sob efeito de álcool é um ato de irresponsabilidade que põe em risco a vida de todos que estão no trânsito. Então, já sabe: nada de beber e dirigir!

Atenção à iluminação!

Os períodos com maior número de acidentes registrados e já indenizados pelo Seguro DPVAT no período de Carnaval foram entre 17h e 19h59 (anoitecer), com 23,10% das ocorrências e 13h e 16h59 (tarde), com 20,45%, períodos em que as ruas costumam estar mais cheias por conta dos festejos. Para evitar acidentes, procure estar sempre com os faróis acesos. Quando for usar o farol alto, faça isso somente em trechos muito escuros e em que não haja outros carros na sua faixa ou no sentido contrário!

Para aproveitar sem se preocupar

Se você é daqueles que não quer se preocupar com congestionamento, revisão de veículo e dar aquela descansada nos deslocamentos, escolha o transporte público! Programe sua passagem com antecedência para evitar filas e viagem em segurança. E nada de esquecer do cinto de segurança!

Quer contribuir com mais dicas para curtir o Carnaval em segurança? Manda pra gente pelos comentários!


Continuar lendo

Linguagem das estradas garante uma viagem mais segura

Existem vários sinais que são utilizados para uma comunicação na estrada. Saber o significado deles é sempre útil e pode tornar a sua viagem mais segura e agradável, principalmente em período de férias.

Duas buzinadas rápidas em toques curtos é um “obrigado” sonoro. Piscar faróis com intervalos indicam aos motoristas que trafegam no sentido oposto que existem problemas adiante e devem reduzir a velocidade, podendo ser um acidente ou animal na pista. Se o veículo a frente ligar a seta da esquerda, significa que no momento, uma ultrapassagem não é prudente, porém, caso ligue a seta da direita, é um sinal de que, a princípio, há chances de uma ultrapassagem, mantendo sempre o cuidado em saber se o caminho está livre.

Lembre-se também de respeitar a sinalização da rodovia, as placas e sinalizações em horizontal são alertas e orientações do que fazer e não fazer. No caso de pane no veículo ou acidente sinalize o local, preservando em primeiro lugar a sua segurança e dos ocupantes dos veículos. No caso de rodovias federais, ligue imediatamente para o telefone da Polícia Rodoviária Federal (191) e peça ajuda.


Continuar lendo

Conheça o aplicativo Modo Trânsito DPVAT

Você sabia que segundo a Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet), o celular já ocupa a terceira posição no ranking de principais causas de acidentes fatais no trânsito brasileiro? São 150 motoristas diariamente e, por ano, o número chega a 54 mil. Pensando em ajudar a reduzir esses números preocupantes, a Seguradora Líder lançou o aplicativo Modo Trânsito DPVAT. Quer saber mais sobre essa inovação? Fique ligado nesse post!

O que é e como funciona o Modo Trânsito DPVAT?

O Modo Trânsito DPVAT é um aplicativo lançado pela Seguradora Líder, que bloqueia o recebimento de ligações e mensagens enquanto o usuário dirige e envia recados automáticos às pessoas que fizerem contato. Se a tentativa de contato foi realizada por mensagem de texto ou ligação, o aplicativo retornará com um SMS. Caso seja feita por WhatsApp, o app enviará uma mensagem automática pelo mesmo canal. Além disso, a ferramenta conta com opções de textos prontos, mas o motorista também pode personalizar as mensagens para contatos específicos e grupos de contatos, além de compartilhar automaticamente sua localização no momento do envio do alerta.

Onde você encontra o Modo Trânsito DPVAT?

Por enquanto, ele está disponível apenas para Android, em breve a versão para iOS deve ser lançada. Para fazer download do app, você vai precisar fazer um cadastro com um e-mail de login e senha, porém a opção de login pelo Facebook ou Google também é possível. Depois disso, será necessária a criação das respostas automáticas ou a escolha de uma das respostas padrão. E o seu aplicativo está pronto para o uso! Basta clicar em “Ativar” quando for iniciar a sua viagem.

Curtiu a iniciativa? Busque na Google Play e baixe já o Modo Trânsito DPVAT. Faça parte de um trânsito mais seguro e divulgue essa ideia!


Continuar lendo

Férias escolares: a educação no trânsito não descansa!

Além da diversão e do descanso das férias escolares, o período é excelente para ensinar um pouco de segurança no trânsito. A criançada aproveita o tempo para passear, brincar na rua e assim, o número de pedestres aumenta significativamente. Outra mudança de comportamento é que, em época de recesso escolar, os veículos tendem a circular em velocidade acima da permitida, já que as vias urbanas ficam mais livres. Pensando em tudo isso, neste post, vamos falar um pouquinho sobre a necessidade de educar os pequenos e evitar acidentes. Fique ligado!

Educar crianças e adolescentes sobre o trânsito é super importante pois, além de prepara-los como motoristas, pedestres e ciclistas conscientes, contribui para a formação de um cidadão que conhece seus direitos e deveres e os exerce de forma correta. A ação de órgãos de trânsito, nesse momento, é fundamental, seja com blitzes educativas ou até mesmo ações em colônias de férias.

Em Brasília, o Detran começou, no último dia 10, uma campanha de conscientização com a distribuição de material informativo contendo dicas de segurança a condutores e pedestres, com o intuito de reduzir os acidentes. Além das ações nas ruas, o Detran ainda se coloca disponível para visitar e promover ações educativas em colônias de férias, que podem ser agendadas através do Núcleo de Campanhas Educativas no Trânsito (+55 61 3905-4067).

Da mesma forma que a participação ativa dos órgãos públicos é de extrema importância, a educação em casa e os bons exemplos devem ser disseminados diariamente. Ensine que as brincadeiras na rua devem ser feitas longe das vias; oriente sobre os significados das cores dos semáforos, placas e faixas; ensine sobre a importância e utilização de itens de segurança.

Afinal, a segurança no trânsito nunca pode tirar férias!

Continuar lendo

Proteja-se: não esqueça de usar capacete!

O grande número de acidentes de trânsito envolvendo motocicletas em todo Brasil é assustador. Em 2018, somente por morte, foram pagas 18.955 indenizações pagas familiares das vítimas. No total, foram mais de 246 mil indenizações. Além dos cuidados na hora da direção, que outras medidas de segurança são necessárias para mudar essa realidade? Neste post do Viver Seguro no Trânsito, vamos falar um pouco sobre a importância do uso do capacete. Um item fundamental que pode amenizar ou evitar as consequências dos acidentes nas vias.

Utilização prevista por lei!

O Código de Trânsito Brasileiro define a obrigatoriedade do uso de capacete de segurança para condutores e passageiros transportados em motocicletas, motonetas e ciclomotores, independentemente da distância do trajeto percorrido ou da potência do veículo. Não usar capacete, além de colocar a vida em risco, é considerado uma infração gravíssima e pode resultar em multas e até mesmo suspensão direta do direito de conduzir. 😱

Além de ser obrigatório, o item precisa seguir algumas regras impostas pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). A primeira regra é que o capacete precisa ter óculos de proteção ou viseira que estejam entre os padrões cristal, fumê ou light. É necessário ainda que o item contenha adesivos retro refletivos na parte frontal, lateral e traseira e, por fim, um selo do Inmetro que garanta a qualidade do material utilizado.

Segurança a todo momento, para todos!

As motos são as primeiras a serem lembradas quando o assunto é capacete né, galera? Mas vale lembrar que existem outros meios de transporte em que a utilização é de extrema importância para que acidentes com graves consequências sejam evitados. É o caso do patinete, por exemplo que, apesar de não possuir uma lei nacional, em alguns estados já é possível notar uma movimentação em torno da regulamentação desses veículos e na inclusão da utilização do capacete como item obrigatório. Além dos patinetes, as bicicletas também fazem parte do trânsito e a utilização do item de segurança é fundamental para a preservação da vida. 🛴

Menosprezar situações que parecem simples podem gerar graves riscos. No trânsito, na prática de esportes radicais, para trabalhos que precisam de proteção individual e até mesmo durante aquele passeio de final de semana, não subestime a vida: use capacete!


Continuar lendo

Pedestres também fazem parte do trânsito!

Você sabia que apenas o ato de caminhar na rua faz de você uma peça importante do trânsito? É isso mesmo! Somente no ano passado, foram 91.297 indenizações pagas pelo Seguro DPVAT a pedestres por acidentes no trânsito, representando cerca de 21% do total de pagamentos, ocupando o segundo lugar no ranking de tipos de vítima. E é importante lembrar que as leis de trânsito também valem para pedestres, não apenas para os motoristas. Neste post, separamos algumas dicas bacanas para te ajudar a estabelecer um trânsito mais seguro para todos! Dá só uma olhada 😉

Semáforos e faixas: Atenção às sinalizações das vias!

O CTB descreve três situações específicas para a travessia de pedestres nas ruas: quando o semáforo determina de quem é a preferência na via; a faixa de pedestre, que determina a prioridade do pedestre, obrigando o condutor a parar e aguardar; e a que na ausência dos itens descritos, é necessário aguardar a passagem dos veículos e fazer a travessia em segurança, e sem obstrução do trânsito.

Sem distrações: Esteja sempre atento ao trânsito!

De acordo com dados da Polícia Rodoviária Federal, em 2018, cerca de 2.068 acidentes aconteceram nas estradas brasileiras por conta da falta de atenção do pedestre. Por isso, é preciso que a atenção e cautela não venha apenas dos condutores dos veículos, mas, dos pedestres. Não atravesse em pontos cegos, evite andar com fones de ouvido e celulares e claro, aquela dica básica: olhe sempre para os dois lados antes de atravessar!

Estamos aqui para você!

Vale lembrar, galera, que o Seguro DPVAT é um instrumento social super importante que protege os mais de 208 milhões de brasileiros oferecendo cobertura não só para motoristas e passageiros, mas para os pedestres também! Caso a vítima se encaixe em uma de nossas coberturas (morte, invalidez permanente ou reembolso de despesas médicas), não hesite em procurar o auxílio oferecido pelo seguro 💖


Continuar lendo

Página 1 de 11
12345678910...