Ir para conteúdo principal Ir para menu principal Ir para menu do rodapé Ir para menu Categoria Ir para menu Arquivo
Logon

Viver Seguro no Trânsito

Nós estamos fazendo nossa parte. E você?
Início do conteúdo

Categoria: Notícias

Contran estabelece novas regras para fiscalização de velocidade

Durante reunião virtual realizada no dia 2 de setembro, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) determinou novas regras para uso dos radares pelos órgãos de fiscalização. Nas novas definições, os radares - fixos e móveis- deverão considerar critérios técnicos bem definidos.

Os radares fixos só podem ser instalados em locais onde houver placas de sinalização indicando o limite máximo de velocidade da via. Além disso, nos locais em que houver redução do limite de velocidade, deve haver placas indicando a gradual redução. Outro ponto de destaque é proibição da instalação de radares em locais onde haja obstrução da visibilidade por placas, árvores, postes, passarelas, pontes e etc.

Entre as alterações aprovadas também estão a proibição do uso de equipamentos sem dispositivo registrador de imagem; a restrição do uso do radar do tipo fixo redutor em trechos críticos e de vulnerabilidade de usuários da via, especialmente, pedestres, ciclistas e veículos não motorizados; e a publicação da relação dos trechos e locais aptos a serem fiscalizados nos sites da autoridade de trânsito com circunscrição sobre a via.

Para novos equipamentos, as regras entram em vigor no dia 1º de novembro. Já para radares em operação passam a valer a partir de 1º de novembro de 2021.

Para conferir todos os requisitos técnicos mínimos para a fiscalização da velocidade, veja a Resolução nº 798, de 2 de setembro de 2020, clicando aqui.

Continuar lendo

Qual o futuro do carsharing depois da Covid-19?

A mobilidade urbana já era tema em muitas mesas de debate, antes mesmo do mundo enfrentar a pandemia do coronavírus. Serviços como compartilhamento de veículos, que antes eram incentivados para diminuição de veículos e aperfeiçoamento da mobilidade, agora passam a ser vistos com ressalvas no mundo pós-pandemia.

Faça uma reflexão: você dirigiria um carro utilizado por um desconhecido? De acordo com levantamento produzido pela empresa Deloitte, na Bélgica, a desinfecção dos carros será uma das maiores preocupações, tanto de usuários quanto das empresas que fornecem o serviço. Volantes, bancos, maçanetas, manopla de câmbio, tudo isso deverá ser desinfetado e descontaminado de vírus e microrganismos para que clientes sintam-se mais confiantes com esse tipo de serviço.

Aqui pelo Brasil, sabemos que esse tipo de atividade ainda não é muito utilizado, porém, com esse cenário, fica ainda mais difícil saber quando será popularizado. A beepbeep é uma das poucas empresas que ainda operam, mas apenas nas cidades de São Paulo e São José dos Campos.

Qual sua opinião sobre o tema? Teria coragem de utilizar esse tipo de serviço ou ainda não se sente pronto? Conta sua opinião pra gente nos comentários!


Continuar lendo

Dia do motociclista: Mais de 83 mil indenizações pagas pelo Seguro DPVAT no primeiro semestre

Nesta segunda-feira, dia 27/07 é comemorado o Dia do Motociclista. A data, no entanto, serve de alerta para aqueles que, profissionalmente ou por lazer, levam a vida sobre duas rodas. De acordo com os dados do Seguro DPVAT, de janeiro a junho de 2020, mais de 125 mil indenizações foram pagas por acidentes de trânsito envolvendo motocicletas. Deste total, mais de 83 mil foram para os motociclistas. Quer saber mais detalhes sobre os números alarmantes envolvendo esses condutores? Acompanhe o nosso post!

Apesar de representar apenas 29% da frota DPVAT, as motocicletas historicamente são a categoria de veículo envolvidas na maioria dos acidentes indenizados pelo Seguro DPVAT. No primeiro semestre deste ano, a representatividade chega a 79%. Quando olhamos para os números regionais, o Nordeste (33%) concentra o maior número de indenizações pagas para os motociclistas, seguido pelo Sudeste (30%) e em terceiro lugar no ranking, o Sul (16%).

Quando observados os números em relação às coberturas do Seguro DPVAT, o número de motociclistas que ficaram com algum tipo de sequela permanente em decorrência de um acidente de trânsito é preocupante e soma mais de 56 mil casos. Já o os casos fatais chegaram a 5.985 indenizações.

Por aqui, nós, da equipe do Seguro DPVAT, sempre lembramos da importância da utilização dos equipamentos de segurança e do cumprimento das leis de trânsito para que esses números, que aumentam com o passar dos anos, deixem de ser tão alarmantes. Faça sua parte para um trânsito melhor e mais seguro!


Continuar lendo

Projeto de Lei quer punir motoristas que compartilham infrações nas redes sociais

Você já se deparou com vídeos nas redes sociais de pessoas praticando infrações de trânsito? A publicação desses materiais pode ser punida. Isso porque, na última semana, a Câmara dos Deputados aprovou o requerimento de urgência urgentíssima para votação do Projeto de Lei 130/2020, da deputada Christiane Yared, que prevê punições para condutores que divulgarem, em redes sociais ou outros meios digitais, eletrônicos ou impressos, suas infrações de trânsito. Para saber um pouco mais sobre as propostas do texto, fique ligado no nosso post!

Nos últimos meses, os casos de jovens que aproveitam as ruas vazias para desrespeitar os limites de velocidade e participar de rachas tem crescido. Além disso, muitos aproveitam para filmar as infrações e jogar em suas redes sociais. Alguns casos ficaram famosos e foram mostrados em diversos veículos de comunicação, como o Fantástico.

A criação do Projeto de Lei 130/20 pela deputada Christiane Yared nasceu com o objetivo de evitar que mais vidas sejam perdidas no trânsito. De acordo com os números do Seguro DPVAT, em 2019, foram pagas mais de 40 mil indenizações por morte em acidentes de trânsito em todo o Brasil.

Mas o que acontecerá com os infratores?

De acordo com as mudanças previstas pelo PL 130/2020, motoristas que praticarem as infrações gravíssimas e divulgarem nas redes sociais poderão ter o direito de dirigir suspenso por 12 meses. A suspensão vale até mesmo para os atos que não tenham sido registrados por agentes de trânsito e apenas sido compartilhado em redes sociais ou outros meios de divulgação digital, eletrônico ou impresso.

Além disso, a proposta da deputada é que os casos de reincidência no período de dois anos sejam punidos com a cassação da habilitação do condutor.


Continuar lendo

Contran libera vistoria de identificação veicular


Durante o período de quarentena, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) tem divulgado uma série de medidas para colaborar para a segurança da população durante o período de isolamento social, como já comentamos aqui no blog Viver Seguro no Trânsito. No último dia 20, mais uma importante deliberação foi publicada. Quer saber mais? A gente explica! Se liga no post abaixo:

Os crescentes casos de coronavírus em todo o país mostram que as ações para diminuir o contato entre as pessoas são necessárias. Como forma de contribuir com essas medidas, o Contran divulgou a Deliberação nº 190, que autoriza a realização de vistoria de identificação veicular fora das instalações dos órgãos executivos de trânsito credenciados.

A portaria publicada esclarece que as vistorias deverão acontecer em locais definidos pelo orgão executivo de trânsito de cada estado, cabendo aos mesmos a segurança, identificação e rastreabilidade do processo. O objetivo da medida é garantir que todos que precisem vender seus veículos ou comprem novos nas concessionárias consigam fazer suas vistorias e mantenham os veículos dentro dos padrões.

Para conferir a Deliberação 189/20 na íntegra, clique aqui.


Continuar lendo

Contran libera aulas online para formação de condutores durante quarentena


Durante o período de isolamento social, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) tem contribuído com medidas para manter a população em casa. No último dia 29 de abril, foi publicada a Deliberação 189/20 que autoriza a realização das aulas teóricas do curso de formação de condutores na modalidade de ensino remoto durante o período de isolamento social. Quer saber mais? Confira o nosso post!

No tempo em que durar a quarentena por conta da pandemia do novo coronavírus, o candidato que manifestar interesse poderá assistir as aulas teóricas realizadas pelos Centro de Formação de Condutores (CFC) sem sair de casa. A medida tem como objetivo não prejudicar a população que tinha dado início ao processo de obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Para isso, as aulas teóricas devem manter a mesma carga horária, conteúdo programático e a duração.

A realização das aulas deverão contar com sistemas que atendem requisitos de segurança, tais como, validação de biometria facial dos instrutores e alunos no início das aulas e monitoramento do tempo de permanência dos candidatos na sala virtual durante o período de aula. O instrutor também deverá disponibilizar para os alunos uma interface que permite compartilhamento em tempo real de vídeo, áudio e tela do computador do dispositivo, para que as aulas agendadas sejam visualizadas pelos integrantes da turma.

Além disso, caberá ao instrutor realizar o cumprimento dos quesitos operacionais determinados pelo Contran e elaborar relatórios gerenciais com informações que também foram pré-definidas pela medida.

Para conferir a Deliberação 189/20 na íntegra, clique aqui.


Continuar lendo

COVID-19: CNH e licenciamento de veículos tem prazo de validade estendido

Para conter a epidemia do novo Coronavírus (COVID-19) no Brasil, companhias e autoridades tem contribuído com medidas para manter a população em casa e diminuir o impacto da quarentena nas obrigações rotineiras. Quer saber como elas se encaixam no universo do trânsito? Fique ligado aqui no blog Viver Seguro no Trânsito!

No último dia 20 de março, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) publicou a deliberação nº 185, ampliando e interrompendo prazos de processos e procedimentos dos órgãos do Sistema Nacional de Trânsito. No documento, o órgão oficializou a extensão dos prazos de validade, por tempo indeterminado, das Carteiras Nacionais de Habilitação (CNH), vencida desde 19/02/2020. Este prazo aplica-se também para a Permissão de Dirigir (PPD). A deliberação inclui, ainda, a interrupção da expedição do Certificado de Registro de Veículo (CRV), mais conhecido como documento do carro, em caso de transferência de propriedade de veículo adquirido desde o dia 19 de fevereiro deste ano, além do registro de licenciamento de veículos novos, desde que ainda não expirados.

Se você estava com o processo para tirar a habilitação já em curso, não se preocupe. O prazo para conclusão do processo passou de 12 para 18 meses. Isso significa que quem começou o processo de habilitação em março do ano passado e ainda não concluiu, por exemplo, não precisa se preocupar pois terá até setembro pra concluir o processo.

A deliberação também interrompeu, por tempo indeterminado, os prazos para defesa de autuação, recursos de multa, defesa processual, recursos de suspensão de direito de dirigir e cassação do documento de habilitação.

E você, se encaixa em alguns desses casos? Fique tranquilo e lembre-se que, o importante agora é ficar em casa!

Veja aqui a Deliberação do Contran nº 185, de 19 de março de 2020


Continuar lendo

Novos itens de segurança tornam-se obrigatórios para carros 0km


Itens de segurança são essenciais para diminuir os impactos causados pelos acidentes de trânsito. Recentemente, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) editou duas novas resoluções para a fabricação de carros 0 km, que tem, como objetivo, auxiliar ainda mais neste propósito. Ficou curioso para saber quais são as novas regras? Acompanhe o nosso post! ;)

Novas exigências podem parecer exagero, mas muitos dos itens básicos que garantem segurança hoje em dia tornaram-se obrigatórios há pouco tempo no Brasil. É o caso do retrovisor do lado direito, por exemplo, que até 1998 era opcional em alguns veículos populares; a terceira luz de freio (brake light) que passou a ser exigência somente em 2009; e também os airbags e os freios ABS, determinados somente em 2014. 😱

Para este ano, duas novas exigências passam a valer, fazendo com que as montadoras adicionem itens para cumprir as regras. A primeira delas, que já está valendo, é o controle de estabilidade, um sistema que impede que o veículo saia da trajetória original, auxiliando motoristas em curvas mais fechadas e pistas molhadas.

Além disso, passa a ser obrigatória a presença de cintos de segurança de três pontos e encosto de cabeça para todos os assentos de veículos. A norma obriga também estabelece que carros e utilitários ofereçam ao menos um ponto de fixação Isofix para cadeirinhas infantis.

E aí, o que achou dessas mudanças? Conta pra gente aqui nos comentários!


Continuar lendo

Saiba como pagar o Seguro DPVAT 2020

Não sabe como emitir sua guia para fazer o pagamento do Seguro DPVAT? O blog Viver Seguro no Trânsito traz um vídeo tutorial que explica, de forma rápida e simples, o passo a passo necessário. Se liga no post!

Não se esqueça que o Seguro DPVAT deve ser pago, uma única vez ao ano, junto ao vencimento da cota única ou da primeira parcela do IPVA ;)


Continuar lendo

Seguro DPVAT vence até o fim de janeiro em diversos estados

Chegou a hora de pagar o Seguro DPVAT 2020. Cobrado anualmente junto ao vencimento da cota única ou primeira parcela do IPVA, o seguro garante a sua proteção em caso de acidentes de trânsito envolvendo morte, invalidez permanente ou reembolso de despesas médicas e suplementares (DAMS). E em alguns Estados, o vencimento vai até esta sexta-feira, dia 31/01. O calendário de vencimento está disponível para os proprietários de veículos por meio do site da Seguradora Líder, onde o boleto pode ser gerado. Para conferir, basta clicar aqui.

O vencimento para os proprietários de veículos de alguns estados e com alguns finais de placa já tiveram seu vencimento ao longo de janeiro, como é o caso de Minas Gerais e Paraná. Para os proprietários com final de placa 1 e 2 no Acre; todas as placas do Ceará, Piauí e Mato Grosso do Sul; com final de placa 8 no Rio de Janeiro; e finais de placa 1 em Santa Catarina, Mato Grosso e Paraíba; o prazo vai até esta sexta-feira. Fique atento ao prazo!

Lembre-se que além da quitação ser uma condição obrigatória para que os proprietários obtenham o Certificado de Registro e Licenciamento Veicular (CRLV), documento de comprovação do licenciamento anual do veículo, ele ainda é responsável por garantir a proteção de mais de 210 milhões de brasileiros em caso de acidentes de trânsito envolvendo morte, invalidez permanente e reembolso de despesas médicas.


Continuar lendo

Página 1 de 9
123456789